Por que vicio em jogos velhos?

Por bruN0

Aqui vou continuar de maneira não-oficial (seria um spin-off?) o último post do Apoka, que fala sobre vícios em jogos. Aqui, argumentarei do porquê jogos antigos sempre me chamaram a atenção dos que os atuais. E não, não é só uma questão de nostalgia.

Como bom nerd, sempre fui um fã de jogatinas em geral, sendo elas singleplayer ou multiplayer. Apesar de possuir minhas preferências, não sou um cara exatamente exigente nesse sentido. Por limitações de ordem financeira, quase nunca pude jogar por tempo prolongado os “lançamentos” da temporada (e até das últimas), se resumindo basicamente às horas de locadora quando jogava num PS2 ou nos PCs mais potentes de amigos meus. É meio triste dizer, mas até abril desse ano, minha máquina não suportava sequer um emulador de N64 sem lerdar todos os outros processos do computador.

Isso criou um ambiente favorável a um nostalgismo exacerbado, muito calcado em clássicos dos anos 80 e início dos anos 90. Não me levem a mal os fãs de Crysis, GTA4, Fifa 2009 ou Fallout 3, mas certos jogos pré-históricos me divertiram (e continuam me divertindo até hoje, como o próprio título já diz) e marcaram de maneira muito mais intensa. Não é uma questão somente de achar que “AH MAS O BRUNO NUNCA TEVE UM PC QUE PRESTE POR ISSO NUNCA JOGOU ALGO COM GRÁFICOS LOKOS MIMIMI”. Ou mesmo “O BRUN0 É SÓ MAIS UM NOSTÁLGICO DO TEMPO DO BUMBA!!!”. Repito: são jogos que por me marcarem tanto, ainda jogo eventualmente, só não podendo ser mais porque sou hoje um trabalhador assalariado (o que não impede de postar nesse blog, já que comecei a escrever isso direto do escritório :D).

O jogo "manager" com melhor custo-benefício ever

CHAMPIONSHIP MANAGER 01/02

Esse jogo para mim é um clássico. Sou um fã assumido de jogos de estratégia/simulação, em especial os de estilo manager. Apesar de posteriormente as duas empresas responsáveis pelo jogo terem se separado (Eidos, que ficou com o nome do jogo, e a SI Games, que ficou com a database) e o Football Manager ser um sucesso atualmente, nada me faz largar o Championship Manager (CM) 01/02. O motivo é simples:

É um jogo rápido, mas não menos complexo. O que vou falar aqui vale para esse  jogo, mas também para tantos outros que possuem continuações anuais até os dias de hoje. No caso do CM, além de não ser necessário um PC de fato potente para rodá-lo de maneira convincente, o jogo em si é mais ágil. O fato é que em nome do chamado “realismo nos jogos”, certas franquias tornaram-se estranhas a si mesmas. Essa edição de quase 10 anos atrás não é tão menos complexa que a edição atual do ponto de vista estratégico, que basicamente tem maior banco de dados, mais frescuras e uma repaginação visual. Enquanto no CM 01/02 sou capaz de jogar 5 temporadas em 1 semana (naturalmente, no auge do vício), no FM tudo é mais emperrado, burocrático. E me desculpem os puristas, mas quero um jogo para me DIVERTIR, não para ficar vendo todos os detalhezinhos e ficar babando por isso. Bleh.

FUTEBOL BRASILEIRO 96

O jogo em si não precisa ser descrito, é um clássico já descrito em outro post pelo Marcelo. Mas o ponto não é esse. Você, leitor, vai me dizer que esse tipo de jogo nada tem a ver com outros clássicos do tipo, como Fifa, PES (Pro Evolution Soccer) ou WE (Winning Eleven, nome anterior do PES, quando ainda possuía maiores raízes em terras amarelas), exceto pela temática futebolística. Além do mais, os jogos de futebol no SNES não primavam em ser simuladores, mas sim verdadeiros arcades, com direito a gols “do meio da rua” (seria a volta do FORTEBOMBA?) e narrações em portunhol. De fato, eu joguei horrores quando era pirralho, mas ainda o faço até hoje. Por quê? Além do mais, eu já tenho um PC razoável e suficiente para jogar os clássicos do gênero, mas continuo no FB.

Obviamente, existe o fator nostalgia de maneira bastante acentuada nesse caso. Mas algo se sobrepõe nesse jogo: o fator multiplayer dele é irresistivelmente viciante. Mesmo por um emulador, a diversão proporcionada em lances caricatos, gols absurdos e a aquela sensação gostosa e nostálgica de vencer seu amiguinho num jogo relativamente simples, mas ao mesmo tempo tão emocionante.

"CONSEGUIIII!", "FOGO!" e as famosas vozinhas são a alegria dos jogadores de WA.

WORMS ARMAGEDDON

O leitor mais desavisado talvez imagine que esse jogo nem seja tão antigo assim, visto que ele ainda é jogado com frequência por vários grupos espalhados na Internerd. Mas não, Worms Armageddon (WA) já tem incríveis 10 anos de existência, mas continua proporcionando diversão multiplayer como qualquer outro jogo da atualidade, como um Left 4 Dead da vida. A resposta está no seu formato originalmente único para a época (copiado posteriormente com fortes semelhanças pelo Gunbound), juntamente com as possibilidades de customização e o humor da série. Ok, eu falei isso tudo deduzindo que você saiba da existência desse jogo, ele é um CLÁSSICO. Se você é um autêntico lunático ou voltou de Marte nesse mês, WA consiste numa disputa entre turnos entre grupos de minhocas com o uso de armas tradicionais e não-tão-ortodoxas-assim, como bananas explosivas e um asno gigante feito de concreto/metal/god knows. O jogo é tão popular que recebeu atualizações até meados do ano passado. E não se espante se aparecer mais alguma por aí, WA é realmente de uma popularidade e fidelidade bastante razoável. Verdade que o modo singleplayer do jogo é também interessante, mas se você nunca teve o prazer de jogar uma granada nas minhocas dos seus amiguinhos (ui), você não sabe o que é diversão de verdade.

"Return me to Savara!"

"Return me to Savara!"

TYRIAN

Não são tantas pessoas assim que conhecem esse clássico jogo de naves que foi inicialmente lançado há quase 15 anos. Mas quem jogou sabe que mesmo passado tantos anos, raríssimos jogos do estilo chegaram perto do nível de beleza, versatilidade de armas e elaborada de história de Tyrian. Isso tudo sem cair na mesmice de jogos com qualidade absurda, mas pouco divertimento. Como explicar que um jogo como esse seja lembrado por mim, que nem gosta tanto do estilo e especialmente depois de tanto tempo?

Tyrian (na verdade, a versão demo dele) foi o primeiro jogo que encarei num computador. Isso mesmo, antes de Tetris, Paciência, Campo Minado, Copas ou qualquer coisa que fizesse sucesso num PC recém-comprado em 1995 ou 96, eu joguei Tyrian pela primeira vez. Imagina a cara de um moleque que sempre teve tendências nerd vendo um jogo como esse. O troço era tão único que eu nem tinha noção, mas tanto meu pai como minha irmã mais velha eram mais viciados que eu. E é fato, esse jogo me fascina até hoje.

"YOU CAN'T GIVE IT UP! GO FOR IT!"

STREET FIGHTER ALPHA 3

Eu poderia até mentir para vocês, dizendo que ainda jogo Street Fighter II. Até digo que esse foi muito mais importante na minha infância e soa muito mais nostálgico. Mas convenhamos, SFA3 tem mais de 10 anos e, apesar de conhecer há relativamente pouco tempo, mostra que jogos de qualidade realmente são atemporais. Na moral, por mais que lancem novas versões de Street Fighter, King of Fighters, Tekken, Mortal Kombat… poucos chegarão no nível de qualidade dessa belezura. A quantidade de personagens, a personalidade que eles impõem, os cenários e o som mostram que qualquer nível de relevância é pouco para o impacto desse jogo. Originalmente lançado em fliperamas e em consoles como PSX/Dreamcast, no PC ele é facilmente jogado utilizando emuladores voltados para jogos de arcade e um plugin de conectividade multiplayer chamado Kaillera. Jogar “PORRADA” com alguém é simplesmente único, além de ser acessível a quase qualquer PC atualmente.

Isso foi uma leve amostra, existe uma verdadeira infinidade de jogos (a maioria com cerca de 10 anos de existência, alguns até mais), seja para os nostálgicos de plantão que nunca querem esquecer a infância, seja para os jogadores iniciantes, que podem ver em certos clássicos uma qualidade que hoje não é perceptível na maior parte dos games. Por isso, não seja preconceituoso com o abandonware. Ele vai estar lá para qualquer momento.

~ por bruN0 em domingo, 06 dezembro, 2009.

Uma resposta to “Por que vicio em jogos velhos?”

  1. Belo post, bruN0😮

    Só digo uma coisa:

    SCSCSCCSCSCSCSCSCSCSCSCSCSCSCSCSSSRSOIROSIRPJFBJM KEKEKE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: